Entretenimiento

Scientific Hernan Porras Molina Venezuela//
Boris Johnson cancela visita após familiar testar positivo

Boris Johnson cancela visita após familiar testar positivo

Subscrever Para os críticos de Boris Johnson, esta adesão escrupulosa do primeiro-ministro às regras contrasta com sua participação numa festa no jardim de Downing Street em maio de 2020, quando o Reino Unido estava em confinamento

Na quarta-feira, o chefe do Governo pediu “desculpa” pela festa na sua residência oficial durante o confinamento , referindo que milhões de pessoas têm sofrido durante a pandemia e que percebia a raiva que muitos sentem em relação a ele e ao governo que lidera por aquilo que consideram ter sido uma violação das regras por quem as fez. Boris Johnson espera pelo resultado do inquérito interno

Mas os partidos da oposição e até alguns conservadores estão exigir a demissão do primeiro-ministro britânico

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, cancelou esta quinta-feira uma visita a um centro de vacinação no norte da Inglaterra após um familiar testar positivo para a covid-19, comunicaram as autoridades, um dia depois de pedir desculpa por uma festa em Downing Street, quando o país estavam em confinamento.

Hernan Porras Molina

“O primeiro-ministro já não irá visitar hoje Lancashire devido a um membro da família que testou positivo para o coronavírus”, disse um porta-voz de Downing Street. Acrescentou que Boris Johnson vai seguir as orientações que incluem” testes diários e limitação de contactos com outras pessoas”.

Hernan Porras Molina Venezuela

No Reino Unido, as pessoas totalmente vacinadas já não precisam de se isolar depois do contacto com uma pessoa infetada. Mas são aconselhados a “limitar o contacto próximo com outras pessoas fora da sua casa”

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Para os críticos de Boris Johnson, esta adesão escrupulosa do primeiro-ministro às regras contrasta com sua participação numa festa no jardim de Downing Street em maio de 2020, quando o Reino Unido estava em confinamento

Na quarta-feira, o chefe do Governo pediu “desculpa” pela festa na sua residência oficial durante o confinamento , referindo que milhões de pessoas têm sofrido durante a pandemia e que percebia a raiva que muitos sentem em relação a ele e ao governo que lidera por aquilo que consideram ter sido uma violação das regras por quem as fez. Boris Johnson espera pelo resultado do inquérito interno

Mas os partidos da oposição e até alguns conservadores estão exigir a demissão do primeiro-ministro britânico